Publicado en 5º e 6º Estágio Nível 2

Competências e Habilidades: 5º (estágio nível básico)

Espera-se que os alunos desenvolvam as seguintes habilidades (novos conteúdos e retomada dos estágios anteriores)

  • Identificar, em textos orais e escritos, as marcas enunciativas e os efeitos que produzem
  • Intervir adequadamente em diálogos nos quais se solicitem ou forneçam informações variadas.
  • Relatar, oralmente e por escrito, experiências vividas e recordações relacionando passado, presente e futuro.
  • Dar e pedir, oralmente e por escrito, informações e indicações sobre localização, acessos, endereços, preços etc.
  • Interpretar textos, orais e escritos e de tipologia variada, mostrando capacidade para captar a sequência de fatos, os argumentos principais e as eventuais nuances de sentido.
  • Intervir adequadamente em diálogos, de forma espontânea e ativa, expondo juízos de valor, pontos de vista, opiniões e argumentos.
  • Elaborar sínteses, ampliações e reformulações de enunciados e de textos literários ou não e que versem sobre os temas trabalhados.
  • Redigir textos com clareza e estruturação que permitam expressar, com consistência, pontos de vista e argumentação.

Conteúdos e Temas

Socioculturais

  • O aluno e sua inserção no mundo globalizado e plural: a diversidade social e cultural.
  • Espaços culturais: bibliotecas, museus, teatros, auditórios, internet etc.
  • Solicitações, pedidos de informações, relação de compra e venda em diferentes contextos sociais e culturais.
  • Relato de experiências vividas e de recordações e suas relações com o presente e o futuro.
  • Solicitação e fornecimento de instruções e de informações sobre localização, acessos, endereços, preços etc.
  • Mostras de expressões literárias e artísticas no Brasil e no mundo hispânico.
  • Marcas das sociedades e culturas na linguagem: expressões idiomáticas.
  • Expressão de juízos de valor, pontos de vista e justificativas.
  • Argumentação estruturada.
  • Interpretação e formulação de enunciados em que haja oposição e contraste.
  • Modos de enunciar: contraste entre as formas ativa, passiva e impessoal.
  • Formas próprias para expressar pedidos e solicitações (condicionais).
  • Funções da presença e da ausência de determinantes; a expressão do genérico e do específico; outros valores do artigo: a posse (uso e ausência do “la”).
  • Pluscuamperfecto do indicativo –
  •  Apócope (indefinidos: cualquer, algun, ningun, etc).
  • Expressiones de cambio (verbos que indicam processos e mudanças).
  • Preposições(função na frase) –
  •  Pretérito imperfeito do subjuntivo e expressões concessivas
  • Modos de enunciar: emprego das construções oblíquas com o se de involuntariedade: caérsele algo a alguien, rompérsele algo a alguien, olvidársele algo a alguien etc.
  • Ordem das palavras na oração: ordem direta, inversa, efeitos de sentido (individuação, contraste e ênfase).
  • Operadores argumentativos.
  • Léxico relacionado aos conteúdos socioculturais e funcionais trabalhados.

Sugestões de atividades:

  • Tudo Sobre Minha Mãe (1999, direção de Pedro Almodóvar).
  • Volver (2006, direção de Pedro Almdóvar)
  • Como Água para Chocolate (1992, direção de Alfonso Arau)
  • A Língua das Mariposas (1999, José Luis Cuerda)

Competências e Habilidades: 6º (estágio nível básico)

Espera-se que os alunos desenvolvam as seguintes habilidades (novos conteúdos e retomada dos estágios anteriores):

  • Identificar, em textos orais e escritos, elementos argumentativos, de intencionalidade e de ênfase.
  • Intervir adequadamente em diálogos que podem ocorrer em diferentes contextos sociais e culturais.
  • Elaborar, oralmente e por escrito, sínteses, ampliações e reformulações de enunciados e de textos que versem sobre realidades abstratas e temas sociais e culturais.
  • Redigir textos de tipologia variada, com clareza e estruturação adequada, que expressem intencionalidade e ênfase, apresentem hipóteses, condições, probabilidades ou expressem incredulidade.
  • Identificar, em textos orais e escritos, marcas de subjetividade e de afetividade.
  • Entender, interpretar, elaborar e redigir  textos escritos de tipologia variada sendo capaz de captar as marcas de subjetividade , afetividade e pontos de vista pessoais.

Conteúdos e Temas

  • A diversidade social, econômica, política e cultural, no mundo globalizado e plural.
  • Marcas das sociedades e culturas nos diferentes tipos de discurso.
  • Formulação e expressão de hipóteses, condições e probabilidade e incredulidade.
  • Manifestação de intenção e de ênfase.
  • Brasil, América, Espanha e o mundo: valoração crítica do mundo globalizado.
  • Expressão de mudanças físicas, psíquicas e de estado, transitórias ou permanentes.
  • Expressão da afetividade.
  • O verbo: modo, tempo e aspecto (valores e funções).
  • Mecanismos de coesão e coerência textuais.
  • Léxico relacionado aos conteúdos socioculturais e funcionais trabalhados.
  • Discurso direto e indireto.
  • Emprego das construções passivas e impessoais.
  • Pronome complemento Direto e Indireto
  • Oralidade e escrita: léxico, marcadores discursivos (argumentativos, contrastivos, intensificadores etc.), formalidade e informalidade, registros e estilos.
  • Valores dos demonstrativos: anafórico e catafórico “este” (com acento, sem acento)

Sugestões de atividades:

Diários de Motocicleta (2004), Walter Salles.Um Conto Chinês (2011), Sebastián Borensztein.    
Publicado en 4º Estágio Nível 2

Competências e Habilidades: 4º (estágio nível básico)

Espera-se que os alunos desenvolvam as seguintes habilidades:

  • Identificar, em textos orais e escritos, referências culturais de modo a captar o sentido geral, tendo em vista as nuances de intencionalidade presentes neles.
  • Intervir adequadamente em diálogos relativos aos conteúdos socioculturais e funcionais tratados, de modo a expor, com clareza, ideias pessoais, planos e argumentos simples, reformular enunciados e/ou parafraseá-los.
  • Citar ou fazer referência indireta à palavra do outro. (discurso direto e indireto).
  • Elaborar textos orais e/ou escritos (diálogo, narração, descrição) relacionados aos temas abordados.
  • Dar e solicitar permissão e autorização (oralmente e por
  • escrito).
  • Expressar, oralmente e por escrito, possibilidades e desejos.
  • Identificar, em textos orais e escritos, marcas linguísticas de persuasão próprias de determinadas sociedades e culturas.
  • Intervir adequadamente em diálogos relativos aos conteúdos socioculturais e funcionais tratados, nos quais se expressem ordens, instruções, conselhos e recomendações com a finalidade de convencer e persuadir.
  • Dar e solicitar ordens, recomendações, instruções, conselhos, utilizando formas adequadas, oralmente e por escrito.
  • Reconhecer e empregar, no contexto adequado, formas cristalizadas da língua (sentenças, provérbios).

Conteúdos e Temas

  • Sentidos culturais e sociais de fatos passados e atuais e suas possíveis consequências nas relações sociais, formas de comportamento e na linguagem. – Modos de abordar questões de natureza histórica, social e de fazer referência à palavra do outro.
  • Marcas das sociedades e culturas na linguagem.
  • Padrões de relações interpessoais e sociais.
  • Formas cristalizadas na língua: – sentenças – provérbios
  • Expressão da obrigatoriedade e da necessidade (imperativo: devo de hacer, devo comer, necessito etc)
  • Fórmulas próprias para solicitar e conceder permissão e autorização.
  • Fórmulas para expressar possibilidades e desejos (subjuntivo)  
  • A citação (aspas / discurso indireto) e o discurso referido.
  • Contraste hablar/decir.
  • Formas nominais do verbo: gerúndio, infinitivo e particípio.
  • Orações exclamativas e desiderativas (desejo – subjuntivo).
  • Ordens, recomendações, instruções e conselhos.
  • Formas próprias para persuadir e convencer.

Sugestões de atividades:

  • Filme: “O Labirinto do Fauno” (2006, direção de Guillermo Del Toro) – leitura de legenda, escuta da variante argentina, usos e costumes.
  • Filme: “Machuca” (2002, André Wood) – leitura de legenda, escuta da variante argentina, usos e costumes.
  • Curta-metragem “Columpio” (2016, direção de lvaro Fernández Armero).

Produção Final:

Atividade “O Restaurante”.

Publicado en 3º Estágio Nível 1

Conteúdo e temas (3º Estágio- nível básico)

  • O aluno no seu contexto histórico e social: origens ibéricas; situação do Brasil no contexto latino-americano; organização da sociedade no Brasil e no mundo hispânico;
  • Expressão de opiniões e de argumentos elementares e isolados.
  • Expressão de acordo e de divergência de opiniões.
  • Sentidos culturais e sociais de fatos atuais e/ou passados.
  •  Tradição e modernidade (local/global): – folclore; – festas e rituais; -crenças e valores; -transformações sociais.
  • A posição de alguns elementos gramaticais (substantivos, adjetivos, advérbios) nos sintagmas e nas orações (restrições e efeitos de sentido).
  • Padrões de acentuação gráfica.
  • Léxico relacionado aos conteúdos socioculturais e funcionais trabalhados.
  • Pretérito (perfeito, indefinido e imperfeito).
  • Referência a ações, aos fatos e costumes presentes e passados.
  • Expressão da crença, da dúvida e da probabilidade.

Sugestão de atividade final: Sequência didática: Contando a infância; Memórias: Viagem a ou vivendo em Peru.

Espera-se que ao completar este bimestre os alunos desenvolvam as seguintes habilidades:

Competências e habilidades:

  • Identificar os pontos essenciais de uma emissão oral direta ou indireta (com base em programas de rádio e televisão e outros meios de comunicação) a respeito de temas atuais e/ou passados.
  • Intervir adequadamente em diálogos sobre assuntos conhecidos e da atualidade.
  • Expressar, explicar e/ou justificar opiniões, oralmente ou por escrito.
  • Identificar expressão de opiniões e de argumentos, em textos orais e escritos, em que predomine uma linguagem corrente.
  • Redigir pequenos textos expositivos, apresentando argumentos a favor ou contra um determinado ponto de vista.
  • Coletar dados históricos e da atualidade, analisando as informações de forma crítica.
  • Contar histórias e/ou narrar fatos atuais e/ou passados.
  • Identificar fatos e descrições de acontecimentos passados e presentes em textos em que predomine uma linguagem corrente.
  • Redigir textos narrativos e descritivos, com a finalidade de transmitir informação sobre fatos passados ou atuais.
Publicado en Recetas (Receitas)

RECETA DE CAU CAU (Comida peruana)

El cau cau es un plato muy conocido de la gastronomía peruana que a las personas les encanta. Usualmente se prepara de mondongo, pero también puedes realizar cau cau de pollo, carne o pescado . La elección depende de tus gustos y si quieres probar algo diferente.

✍ ORIGEN DEL CAU CAU

Su creación se la debemos a los españoles, quienes cuando llegaron a Perú solían hacer eventos que incluía platillos de carne de res y que no eran compartidos con los esclavos.

Es así que para combatir su hambre, ellos recogían las vísceras que los conquistadores tiraban y la mezclaban con insumos como papa picada, aderezo, cebolla, perejil, entre otros. Así nace el este potaje

¿Te gustaría aprender a realizar el cau cau de mondongo ? A continuación te damos su receta y esperamos que disfrutes del platillo a la hora del almuerzo.

 INGREDIENTES DEL CAU CAU

(De 6 a 8 personas)

✍ CÓMO PREPARAR CAU CAU

  • 750 gramos de mondongo (panza de res) cortado en cuadrados
  • 1 kilo de papa blanca cortada en cuadrados
  • 1 zanahoria grande
  • 150 gramos de arvejas
  • 1 cucharada de ají amarillo
  • 1/2 cebolla picada en cuadraditos pequeños
  • 1 cucharadita de ajos molidos
  • 1 manojo de hierba buena
  • 1 cucharadita de cúrcuma o 1/2 cucharadita de palillo
  • 1/2 cucharadita de comino
  • 1/2 cucharadita de pimienta negra
  • 1 cucharadita de orégano seco
  • Sal al gusto
  • Aceite para el aderezo
  • Perejil picado (opcional)

PASO 1

Lavar el mondongo (que debe estar cortado en cuadrados medianos), colocarlo en una olla con agua que lo cubra y una ramita de hierbabuena. Si deseas puedes añadir ¼ de taza de leche para que así quites el mal olor.

PASO 2

Tapar la olla y cocinar a fuego medio por espacio de una hora aproximadamente o el tiempo necesario para que el mondongo quede completamente suave.

PASO 3

Una vez culminada la cocción extraer el mondongo y reservar. Luego en una olla calentar el aceite y agregar la cebolla, el ajo, el comino y el ají amarillo. Si quieres, puedes añadir la cúrcuma o palillo.

PASO 4

Echar agua a la mezcla, incorporar el mondongo, las papas y arvejas. Salpimentar, tapar la olla y dejar cocinar a fuego medio por espacio de 30 a 40 minutos hasta que estas se encuentren suaves. Si deseas, faltando unos 10, agrega una zanahoria cortada en cuadraditos.

PASO 5

Picar las ramitas de hierbabuena restantes y esparcirlas en la comida.
Servir con arroz blanco y adornar con un poco de perejil.